Baja TT Vindimas do Alentejo apresentada

Decorreu hoje, em Lisboa, a apresentação da Baja TT Vindimas do Alentejo/Taça de Portugal de Todo-o-Terreno que de 6 a 8 de Setembro se vai disputar nos concelhos de Beja, Castro Verde, Mértola e Aljustrel.

(auto.look2010@gmail.com)

O espaço Wines of Portugal – Sala de Provas de Vinhos de Portugal foi o local escolhido para Humberto Silva, presidente do Clube de Promoção de Karting e Automobilismo (CPKA), apresentar a Baja TT Vindimas do Alentejo/Taça de Portugal de Todo-o-Terreno, iniciativa que contou com o representante dos Vinhos do Alentejo, Francisco Mateus, bem como de Nuno Corvo, da Argasclim, a mais recente patrocinadora desta competição que se prevê particularmente competitiva.

O mapa da competição que pretende resgatar as premissas da prova Montes Alentejanos foi também hoje divulgado e é por isso uma das novidades a ter em linha de conta. O programa começa sexta-feira com as habituais verificações técnicas e administrativas a que se segue uma animada cerimónia de partida.

Desportivamente, a prova arranca no sábado, dia 7, com o prólogo Argasclim, de 6,2 km, especial que adquiriu o “naming” da empresa de instalação de Ar Condicionado e Redes de Gás outro dos patrocinadores da corrida. A especial terá um traçado inédito especialmente desenhado para esta corrida alentejana.

 

Baja TT Lista de Inscritos Para Nuno Corvo, da Argasclim, «é com muito gosto que ajudamos a CPKA a concretizar esta prova e é também com grande satisfação que damos o nome ao prólogo desta Baja TT Vindimas do Alentejo, desejando que seja uma excelente prova».

 A Baja TT Vindimas do Alentejo prossegue na tarde de sábado em que será realizado o primeiro sector selectivo com 150 quilómetros que, tal como o segundo troço, terá início e fim em de Santa Clara do Louredo, em Beja, onde se localiza o parque de feiras e exposições, centro nevrálgico da prova. O percurso de dia 7 terá passagem por Cabeça Gorda, Outeiro, Corte de Cobres, Carregueiro, Albernos, Barragem do Monte dos Grous.

No domingo a competição auto irá repetir o troço de 150 km, enquanto que para as categorias Moto, Quad e SSV está reservado um de 85 km que vai percorre as pistas de Cabeça Gorda, Outeiro, Vale de Camelos, Azinhalinho, com passagem também na barragem do Monte dos Grous até chegar a Santa Clara do Louredo.

Humberto Silva está expectante e optimista: «Acima de tudo precisamos de sorte. A prova está montada. É a primeira vez que a fazemos, o que não é fácil por ser a primeira vez. Pensamos estar preparados. Esperemos que corra tudo bem. Ao nível de concorrentes estou em crer que vai ser uma excelente corrida. Contamos com os melhores pilotos nacionais e, por isso, antevê-se uma prova particularmente competitiva e não podíamos estar mais satisfeitos.

A respeito do percurso, o presidente do CPKA acrescentou ainda que «esta será uma prova que será rápida e do agrado dos pilotos porque as pistas são fantásticas, o piso excelente». «A seguir às verificações haverá uma partida simbólica da Casa da Cultura de Beja a partir das 20h00, com alguma animação. Sábado de manhã decorre o prólogo da Argasclim. Tivemos este excelente patrocínio, que também é uma novidade. O primeiro troço de sábado de 150 km será disputado por todas as categorias. O mesmo percurso vai ser percorrido no domingo pelos autos, enquanto que as Motas, Quad e SSV vão realizar um sector mais pequeno de 85 km sem reabastecimento e assistência. Esperamos uma prova com muito calor, mas penso que temos reunidas as condições para que os pilotos se possam divertir».

Para Francisco Mateus, representante dos Vinhos do Alentejo, sublinhou que, «para nós, faz todo o sentido apoiar esta prova».« O Alentejo teve sempre presença em provas de todo-o-terreno. Esta Baja é um projecto ambicioso e achamos que devíamos estar a apoiar a iniciativa. O nosso envolvimento é no sentido de divulgar o enoturismo e a realização desta Baja pode ser uma mais-valia. É bom saber que esta corrida vai reunir pilotos com projecção internacional que podem levar o nome do Alentejo a outros países. É, por isso, com muita satisfação que nos envolvemos neste evento que potencia a divulgação do enoturismo do Alentejo».

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação