Audi suspende Abt e pilotos abandonam streaming

Piloto da Audi suspenso após contratar especialista de videojogos para correr por ele. Para além da desclassificação da prova, Abt foi ainda multado em 10.000 euros e os pilotos que têm participado nestes eventos com ele saíram em defesa do alemão e dizem que não vão correr online.

(auto.look2010@gmail.com)

A Audi Sport suspendeu o piloto alemão Daniel Abt, da equipa de Fórmula E, depois de ter sido apanhado a fazer batota numa corrida virtual com outros pilotos daquele campeonato. Abt, de 27 anos, foi desclassificado do ePrix virtual de Berlim depois de se saber que tinha contratado o especialista em jogos virtuais Lorenz Hoerzing para correr com o seu carro na prova de Berlim após ser um dos piores classificados nas rondas anteriores.

Durante a prova, o carro de Abt chegou a provocar um incidente com o do português António Félix da Costa: «Daniel Abt não controlou o seu monolugar na qualificação nem na carreira da quinta prova do Race at Home Challenge, a 23 de Maio, e deixou que um piloto profissional corresse no seu lugar», começou por indicar a Audi, em comunicado.

No mesmo texto, a marca alemã revela que Abt «se desculpou no dia seguinte e aceitou a desclassificação». «A integridade, a transparência e o cumprimento constante das normas são as principais prioridades para a Audi. Isso aplica-se a todas as actividades em que a marca participa, sem excepção», lê-se ainda.

«Por isso, a Audi Sport decidiu suspender Daniel Abt com efeito imediato», concluiu a marca germânica, não esclarecendo se Abt continuará a correr no Mundial de Fórmula E. Para além da desclassificação da prova, Abt foi ainda multado em 10.000 euros.

Já os pilotos que têm participado nestes eventos com ele saíram em defesa do alemão e dizem que não vão correr online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *