Armindo Araújo quer reaver “amor perdido”

Piloto de Santo Tirso apresentou hoje o projecto para a temporada 2020 do Campeonato de Portugal de Ralis, “desafiando” a concorrência ao volante de um Skoda Fábia R5 Evo, “trunfo” desvendado com pompa e circunstância nas instalações da The Racing Factory, em São Paio de Oleiros, concelho de Santa Maria da Feira.

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt)

«Vamos lutar pelas vitórias e pela conquista do título absoluto no Campeonato de Portugal de Ralis em 2020, numa equipa que oferece garantias para conseguirmos ter sucesso». Foi com este discurso efusivo que o experiente piloto de Santo Tirso revelou os argumentos para a temporada que se avizinha.

Uma aposta legítima de Armindo Araújo que vai continuar a ser coadjuvado por Luís Ramalho no bando direito do novo modelo de uma marca que tão protagonizado bons resultados. Com a manutenção da “espinha dorsal”, dado que outros elementos seguem de “malas e bagagens” com o piloto, o tirsense ambiciona edificar, de “pedra e cal” e de solidez aprimorada, este novo projecto na estrutura liderada por Aloísio Monteiro.

O Skoda Fábia R5 Evo é a “arma” altamente sofisticada que o piloto nortenho vai usar para reaver o título de campeão nacional de ralis na posse do algarvio Ricardo Teodósio, confirmada que está também o apoio dos seus parceiros de carreira.

«Junto conseguimos criar objectivos muito claros e todos mantivemos uma ligação que, em alguns casos, completam 20 anos. A todos eles tenho que manifestar publicamente o meu agradecimento à Galp e Meo, uma relação institucional que não passa por pessoas, pois já passei por vários responsáveis diferentes», acrescentou Armindo Araújo, confidenciando que a fase preparatória para a prova inaugural do campeonato já está delineada.

«Nesta primeira fase, tendo em vista provas a disputar em pisos de terra, vamos efectuar dois dias de testes ao volante de um Skoda Fabia R5 disponível única, e simplesmente, para testes. Posteriormente, terei outra unidade para os ralis de terra e um terceiro para os ralis de asfalto», sublinhou Armindo Araújo, confidenciando que estão equacionados mais dois dias de testes antes dessa fase e, um outro, antes do Rali de Portugal».

Já Aloísio Monteiro, responsável da The Racing Factory, manifestou o seu contentamento por «termos na estrutura um piloto que dispensa apresentações a qualquer nível, além de não termos qualquer dúvida que estamos perante uma figura de proa que acentua a imagem de excelência nesta jovem formação mas com legítimas ambições».

Em termos desportivos, o piloto que já derramou o néctar vitorioso por cinco ocasiões para regar outros tantos títulos de campeão nacional de ralis, ainda não definiu quais as oito provas que irá participar, estando confirmada a presença no Rali Serras de Fafe/Felgueiras, que abre a temporada do Campeonato de Portugal da especialidade, mas a curto prazo será anunciado.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação