Araújo e Magalhães separados por um segundo

Luta titânica pelo primeiro lugar no Rali da Água – CIM Alto Tâmega, com Armindo Araújo e Bruno Magalhães venceram as duas primeiras especiais do dia e, à entrada ada super-especial, um segundo separa os dois pilotos.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

As duas primeiras especiais do Rali da Água/CIM – Alto Tâmega deram a entender que a luta pela vitória será travada entre Armindo Araújo (Skoda Fabia Rally2 Evo), mais rápido na primeira (Alto Tâmega – 12,9 km), e Bruno Magalhães (Hyundai i20 R5), que bateu o seu adversário na segunda (Termas de Chaves – 15,80 km), que terminaram a primeira parte da prova separados por um escasso segundo.

José Pedro Fontes (Citroen C3 Rally2) é o terceiro a 5,5”, enquanto o quarto, Ricardo Teodósio (Skoda Fabia Rally2 Evo), está já a 12,8” do comando, diferença significativa para o que se correu. Carlos Fernandes (Peugeot 208 Rally4) é nono e o melhor dos que tripulam carros de duas rodas motrizes.

O dia termina com a Super Especial Memorial Claudino Romeiro (2,45 km), que decorre esta noite nas ruas da cidade.

Classificação após duas especiais – 1.º Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia Rally2 Evo), 15’53,5”; 2.º Bruno Magalhães/Carlos Magalhães (Hyundai i20 R5), a 1,0”; 3.º José Pedro Fontes/Inês Ponte (Citroen C3 Rally2), a 5,5”; 4.º Ricardo Teodósio/José Teixeira (Skoda Fabia Rally2 Evo), a 12,8”; 5.º, Pedro Meireles/Mário Castro (VW Polo GTi R5), a 25,5”; 6.º, Bernardo Sousa/Vítor Calado (Skoda Fabia R5), a 29,1”; 7.º, Caamaño Figuera/Varela Saavedra (Citroen C3 Rally2), a 49,5; 8.º, Manuel Castro/Ricardo Cunha (Skoda Fabia R5), a 1’04,5”; 9.º, Carlos Fernandes/Valter Cardoso (Peugeot 208 Rally4), a 1’14,2”; 10.º, Luís Delgado/Jorge Henriques (Peugeot 208 Rally4), a 1’19,1”. Estão classificadas mais 33 equipas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *