António Maio está a 12 segundos do “top 20”

Piloto Yamaha voltou a realizar uma etapa entre os primeiros nas duas rodas, numa tirada encurtada para 101, efectuados de forma muito difícil e perigoso.

(auto.look2010@gmail.com)

António Maio completou hoje a sexta etapa do Rali Dakar 2022, a segunda jornada cumprida em torno de Riyadh e a última da primeira semana de prova, averbando um excelente 20.º tempo absoluto sendo de novo o melhor português na etapa. Com este resultado o piloto da Yamaha ascendeu ao 23.º lugar da geral a 12 segundos do “top 20” que já ocupa entre os pilotos GP.

«A prova foi interrompida no primeiro reabastecimento ao km 101 porque o percurso estava muito perigoso. Ontem os carros e os camiões fizeram esta mesma especial e ficou tudo cheio de buracos e pedra por todo o lado. Os 101 km que fizemos foram muito difíceis e perigosos e por isso cancelaram o resto da etapa para as motos. Eu estou bem, não caí e vim sempre tranquilo», sublinhou António Maio.

«Acabei por retirar velocidade porque achei o caminho demasiado perigoso e não quis arriscar. Metade do rali está feito. Amanhã é dia de descanso e vou agora aproveitar para recuperar as energias», referiu no final da etapa o campeão nacional de todo-o-terreno.

Cumpre-se amanhã o ansiado dia de descanso da 44.ª edição do Rali Dakar em Riyadh. Para muitos o dia de descanso é uma meta importante porque é a altura de se fazer um balanço da estratégia usada na prova, fazer a manutenção necessária nas máquinas e descansar no verdadeiro sentido da palavra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *