António Maio com prestação imaculada nas motos

Nos quads, João Vale não deu qualquer hipótese aos seus mais directos opositores e Roberto Borrego bate a concorrência nos SSV com mestria.

(auto.look2010@gmail.com)

António Maio (Yamaha)

O último dia de competição definiu os vencedores da segunda edição da Baja do Oeste. Para a história fica o triunfo de António Maio, que não deu qualquer hipótese aos adversários nas motos, de João Vale, que esteve numa realidade à parte nos quads, e de Roberto Borrego, que se impôs nos SSV.

Com as temperaturas a subirem, os concorrentes descobriram as pistas da região Oeste com o piso seco, muito pó e um percurso que alternava entre zonas muito técnicas e outras bastante rápidas, o campeão nacional de TT em motos, António Maio, estreou-se na Baja do Oeste e teve uma prestação imaculada.

O piloto da Yamaha venceu o prólogo e dois dos três sectores selectivos para chegar a Torres Vedras no primeiro lugar da classificação. Martim Ventura procurou derrotar António Maio e, pelo menos no segundo sector selectivo, conseguiu ser o mais rápido. Contudo, na classificação final, fechou em segundo, a mais de sete minutos do vencedor. O piloto Micael Simão completou o pódio.

«Foi uma prova divertida. Consegui imprimir um bom ritmo. Acabei por ganhar que era o principal objectivo. O terreno era muito duro e escorregadio. Tivemos de imprimir uma pilotagem à cautela, com a moto a escorregar, o que é algo que eu gosto», afirmou António Maio.

JOÃO VALE SEM CONTESTAÇÃO NOS QUADS

Nos quads, houve um piloto que fez uma Baja do Oeste completamente à parte. João Vale andou sempre na frente, nesta categoria e, no final, conquistou o primeiro lugar com 13 minutos de vantagem sobre Fernando Cardoso. Rafael Carvalho fechou no último posto do pódio, mas a mais de 20 minutos do vencedor.

«Hoje partimos apenas com o objectivo de desfrutar do circuito, que estava cinco estrelas, e levar a vitória para casa, que era o pretendido. Correu tudo bem», exclamou João Vale.

ROBERTO BORREGO TRIUNFA NA CATEGORIA DE SSV

O campeão nacional de SSV, Roberto Borrego, foi quem levou a melhor e venceu a Baja do Oeste 2022. O piloto de Ponte de Sôr teve uma prova em crescendo e assumiu o primeiro lugar no derradeiro dia de competição para assegurar o triunfo. Sérgio Baptista obteve o segundo lugar e Hélder Rodrigues fechou no terceiro posto.

A prova teve Gonçalo Guerreiro como líder nos dois primeiros dias de prova. Contudo, o piloto do Can-Am teve uma saída de pista no derradeiro sector selectivo e caiu na classificação. Roberto Borrego aproveitou e, com grande consistência, assumiu o comando e ganhou.

«O fim-de-semana foi muito difícil com calor, pó e um piso bastante escorregadio. A primeira etapa correu bem e vencemos o segundo sector selectivo. Hoje imprimimos um ritmo forte e sabíamos que já estávamos a ganhar tempo ao Gonçalo. Entretanto, ele teve um problema e passámo-lo. A partir daí, pudemos gerir a corrida», explicou Roberto Borrego.

A Escuderia Castelo Branco organizou a Baja do Oeste e agora vai começar já a preparar o Rali de Castelo Branco, que se realiza em Junho.

Partilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.