António Dias fora do Rali Terras d’Aboboreira

A dupla formada por António Dias e Nuno Rodrigues da Silva despistou-se na Qualificação do Rali Terras d’Aboboreira e danificaram o Škoda Fabia R5 com o número 17 nas portas.

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt) – Fotos: JOÃO CARLOS SOUSA E GABRIEL GAMBA

Um azar nunca vem só. Depois do acidente de Miguel Correia e Pedro Alves, ocasionado por uma saída de estrada para uma pequena ravina e com o Ford Fiesta R5 tomado pelas chamas, agora foi a vez de António Dias e Nuno Rodrigues da Silva colocarem um ponto final na participação do Rali Terras d’Aboboreira.

A dupla do Škoda Fabia R5 teve uma saída de estrada sem consequências físicas para piloto e navegador, mas a viatura da marca checa ficou bastante danificado de frente e ficou “estacionou” junto a uma barreira. Tratou-se de um acidente algo aparatoso, com o Škoda Fabia R5 a ficar, inclusivamente, atravessado na via, impedindo a passagem dos restantes concorrentes que se encontravam a efectuar a Qualificação, a qual teve de ser interrompida para a remoção da respectiva viatura sinistrada.

«Não era de todo a notícia que ambicionávamos partilhar, mas infelizmente tivemos um ligeiro despiste acabando por capotar e como tal estamos fora da prova. Fisicamente estamos bem», anotou o piloto nortenho na sua página oficial do Facebook.

Refira-se que a sétima prova do Campeonato de Portugal de Ralis – terceira do ciclo de asfalto da presente temporada e segunda e que António Dias participava, estava ser encarada com muito optimismo por parte do piloto nortenho, «não só por se tratar de uma competição com novas e desafiantes classificativas, mas também pelo embelezamento e emblemático Marão, na maravilhosa região do Douro e Tâmega».

«Com o objectivo de consolidar a nossa posição neste exigente e competitivo campeonato, e a três provas do fim da temporada, estaremos de corpo, alma e coração, com toda a “garra”, motivação e diversão que nos caracterizam», escreveu ainda António Dias na sua página oficial, mas o mais importante, a partir de agora, é reparar a viatura e manter a total confiança para o Rali Vidreiro. Sem cumprir a Qualificação ficaram Pedro Meireles, Paulo Meireles, João Barros e Luís Rego Jr.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação