André Monteiro em Mação para reaver exultação

Lista de Inscritos

Jovem piloto da série Original marca presença na categoria de Iniciados no Campeonato de Portugal de Ralicross em Mação, deixando já para trás o infortúnio que o torturou na prova albicastrense.

(auto.look2010@gmail.com)

A etapa de Castelo Branco já desapareceu da mente de André Monteiro, em que o piloto do Toyota Corolla “mergulhou” numa onda de azar na sequência da mecânica da viatura nipónica ceder quando nada o fazia prever, obrigando a uma inesperada paragem. São as contingências das corridas, sobretudo numa altura em que André Monteiro tinha conquistado o primeiro lugar após as quatro mangas de qualificação. Uma interrupção constrangida e inglória, num fim-de-semana que parecia imaculado.

A desilusão tomou conta de Olavo Ribeiro, da “Da Luz Portugal”, preparador do Toyota Corolla do jovem piloto, relembrando que «foi um fim-de-semana de muito calor e a mecânica ressentiu-se». «Como se costuma dizer, “são corridas e tudo pode acontecer”, mas vamos continuar a dar o nosso melhor já em Mação e esperar que os azares não aconteçam de novo», sustentou o responsável “Da Luz Portugal”.

O próximo compromisso é já no sábado, na posta da Boavista, cenário da quarta prova da época, uma vez que o calendário para este ano sofreu uma redução face à pandemia da Covid-19, sendo, também, a competição que marca a segunda metade do Campeonato de Portugal de Ralicross. As “hostilidades” têm início às 14h00 com os treinos livres e terminam no domingo com as finais agendadas para as 15h00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: