Almeida e Magalhães vencem ERT Junior e ERT2

Piloto de Vila Nova de Famalicão e o navegador de Fafe conquistaram os louros do FIA Iberian Rally Trophy na categoria Junior e ERT2. O cancelamento do Rallye Casinos do Algarve acelerou para a conquista da formação minhota.

(auto.look2010@gmail.com)

Pedro Almeida e Hugo Magalhães foram os vencedores FIA Iberian Rally Trophy na categoria Junior e ERT2. A competição tinha a última prova agendada para o próximo fim-de-semana no Algarve mas o cancelamento da prova determinou o encerramento das contas com os três ralis que pontuaram para o troféu: Serras de Fafe, Rally da Madeira e Asturias.

«Não era de maneira nenhuma a forma que queríamos para terminar a época e tínhamos muita expectativa para o Rallye Casinos do Algarve, onde nos últimos dois anos havia alcançado boas prestações e um rali de que gosto particularmente, mas o cancelamento obriga-nos a dar por concluída a temporada» começou por sublinhar Pedro Almeida.

O primeiro lugar nas duas classificações é um prémio de consolação para uma época em que o piloto, ao volante do Peugeot 208Rally4, tinha maiores expectativas: «As coisas não nos correram bem ao longo do ano, umas vezes com o carro a deixar-nos pendurados e outras onde o nosso desempenho não foi o que esperávamos», acrescentou o piloto de Vila Nova de Famalicão. A temporada foi condicionada pelas circunstâncias da pandemia mas mesmo assim Pedro Almeida foi o piloto nacional com mais provas realizadas: 13 no total.

«Mudamos tudo no início da temporada, do R5 para o Peugeot 208Rally4, com o objectivo de fazer novas aprendizagens, de fazer um conjunto de ralis fora da nossa zona de conforto e assim elevar o nível competitivo. Nesse sentido, a época foi muito positiva porque somámos muitas experiências, que temos a convicção nos vão ser fundamentais para o projecto que temos nos próximos dois anos», sustentou o piloto famalicense.

Fechada a época de 2020, Pedro Almeida e Hugo Magalhães estão já a preparar 2021: «Estamos convencidos que a competição vai paulatinamente regressar à normalidade e estamos a reunir apoios para enfrentar o novo ano, com novas metas e também mais ambiciosas. Queremos continuar a evoluir e a competir com os melhores pilotos da nossa geração, sendo mais competitivos», afirmou Pedro Almeida.

Ainda sem ter tudo definido o famalicense tem ideias claras sobre o que fazer: «Vamos estar condicionados à realização das provas mas fizemos o trabalho de casa para em 2021 fazer uma dúzia de ralis, que nos fomentem o trabalho que começamos nesta temporada, esse é o nosso objectivo», clarificou.

Pedro Almeida agradeceu ainda os apoios que recebeu, «fundamentais para quem está numa fase de carreira como eu, ainda jovem, e sem os quais não conseguiria desenvolver este trabalho».

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *