Alexandre Ré com vitória tranquila em Loulé

O regresso do Todo-o-Terreno ao Algarve consagrou a dupla Alexandre Ré e Francisco Esperto nos automóveis, um triunfo construído na véspera com os espanhóis Luis Recuenco e Sérgio Peinado a terminarem em segundo.

(auto.look2010@gmail.com)

O segundo dia da Baja de Loulé, segunda prova do Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno, não teve história, com Alexandre Ré (Can Am Maverick X3), desta vez acompanhado por Francisco Esperto, a regressar ao lugar mais alto do pódio, que tinha ocupado em Reguengos de Monsaraz, no final da Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal, em 2 019.

Para a história fica a primeira vitória absoluta de um SSV, no Campeonato de Portugal, com o vencedor a aproveitar os problemas dos seus mais directos adversários para, desde cedo, ficar com a vitória na mão e não desperdiçou a oportunidade.

Uma vitória construída de véspera, com o piloto a limitar-se a aumentar, paulatinamente, o avanço sobre o espanhol Luis Recuenco (Mini JCW), que venceu o Agrupamento T1, sendo de forma sistemática o mais rápido ao longo dos 142,08 km do segundo Sector Selectivo.

André Amaral (Ford Ranger) completou o pódio, com a vitória no Agrupamento T8 a ir para Ricardo Nascimento (BMW X5), 10.º da geral, no T2 para Georgino Pedroso (Isuzu D-Max), 12.º da geral.

A Baja de Loulé 2021 foi uma organização do Clube Automóvel do Algarve, sob a égide da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting e da Federação de Motociclismo de Portugal, com o alto patrocínio do Município de Loulé e o apoio dos municípios de Silves, Alcoutim, S. Brás de Alportel, Tavira e Almodôvar e ainda do Medronhito do Caldeirão.

Classificação – 1.º Alexandre Ré/Francisco Esperto (Can Am Maverick X3), 4.48’55”; 2.º Luis Recuenco/Sérgio Peinado (Mini JCW), a 5’55” (1.º T1); 3.º André Amaral/Nelson Ramos (Ford Ranger), a 14’37”; 4.º César Sequeira/Tânia Sequeira (Mini Cooper D Protótipo), a 16’43”; 5.º Tiago Reis/Valter Cardoso (Toyota Hilux Overdrive), a 21’06”; 6.º Edgar Condenso/António Serrão (Ford MO EXR05 Proto), a 23’27”; 7.º Francisco Barreto/Carlos Silva (Nissan Navara), a 26’39”; 8.º Lino Carapeta/Rui António (Land Rover Proto Bowler), a 33’05”; 9.º Filipe Carvalho/Maria Carvalho (Bombardier X# XRS), a 46’56”; 10.º Ricardo Nascimento/Jorge Fernandes (BMW X5), a 47’21” (1.º T8).

Próxima prova – BP Ultimate Portugal Cross Country Rally, a 18 e 19 de Setembro, organizada pelo Automóvel Club de Portugal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *