Alexandre Camacho faz história no Vinho Madeira

Alexandre Camacho e Pedro Calado, em Skoda Fabia Rally2 Evo, são os vencedores da 63.ª edição do Rali Vinho da Madeira e tornam-se na primeira dupla a conseguir cinco triunfos na prova organizada desde 1959 pelo Club Sports da Madeira.

PEDRO RORIZ E CARLOS SOUSA (auto.look2010@gmail.com)

A dupla Alexandre Camacho e Pedro Calado (Skoda Fabia Rally2 Evo) entra para a história do Rali Vinho da Madeira ao ser a primeira a vencer pela quinta vez a mais importante prova da Região Autónoma. Foi o quinto triunfo, nos últimos seis anos, com Miguel Nunes/João Paulo a interromperem a sequência vitoriosa de Alexandre Camacho/Pedro Calado, em 2020.

A chuva, na derradeira especial de ontem e uma penalização, muito contestada, por não ter parado ao passar pelo acidentado Alejandro Cachon, levaram-na a cair para o segundo lugar, mas logo na primeira volta pelas quatro classificativas de hoje aconteceu o regresso ao primeiro lugar, mantido até final.

Foi a melhor forma de neutralizar a discussão gerada, desde ontem à noite, em relação à penalização, com Pedro Calado a não esconder que «resolvemos na estrada», ficando de parte a possibilidade de um eventual apelo

Miguel Nunes (Skoda Fabia Rally2 Evo), o mais rápido nas oito provas de classificação efectuadas hoje, terminou em segundo, em mais um 1–2 madeirense. Na parte final nem teve de preocupar-se em atacar Bruno Magalhães (Hyundai i20 N Rally2), que foi forçado a abandonar, ao início da tarde, com o cubo da roda partido, quando ainda era segundo e procurava resistir à cavalgada do piloto do Skoda.

Ao ser o mais rápido dos madeirenses na primeira e na última especial, a que juntou o maior número de triunfos em provas de classificação, Miguel Nunes arrecadou os cinco pontos suplementares e com isso igualou a pontuação arrecadada por Alexandre Camacho, o que lhe permite manter 37 pontos de avanço sobre o seu adversário, quando faltam duas provas para o final da temporada, o que abre a hipótese de revalidar o título na próxima prova.

Com o abandono de Bruno Magalhães, José Pedro Fontes (Citroen C3 Rally2) completou o pódio e somou 25 pontos para o Campeonato de Portugal ao aproveitar estar no local certo á hora certa.

Com uma prova eminentemente táctica, Armindo Araújo (Skoda Fabia Rally2 Evo) foi quarto, sem nunca entrar na discussão pelo título de melhor continental, mas, face às circunstâncias, deu um importante passo rumo à recuperação do título, objectivo nunca escondido.

 

JOVEM ATROPELADA NO RALI VINHO MADEIRA

Uma jovem foi hoje colhida por um carro de rali, na freguesia da Serra de Água, concelho da Ribeira Brava, durante a última classificativa do Rali Vinho Madeira 2022, anunciou a organização da prova em comunicado.

Segundo uma nota publicada no “site” do Rali Vinho Madeira, o acidente ocorreu na Serra de Água e obrigou à interrupção da classificativa. A jovem terá atravessado a estrada a pé e foi colhida pelo carro onde seguia o piloto madeirense Miguel Gouveia.

A organização acrescenta que «os primeiros socorros foram prestados imediatamente por uma equipa da EMIR (equipa médica de intervenção rápida) que estava próxima do local, que após estabilizar a jovem acompanhou a ambulância até ao Hospital Dr. Nélio Mendonça, onde já estava uma equipa alertada e em prontidão. A situação clínica da vítima ainda não é conhecida, indica a mesma informação.

FICHA DA PROVA

Prova – Rali Vinho da Madeira

Data – 4/6 de Agosto

Organizador – Club Sports da Madeira

Estrutura – 806,02 km divididos por três etapas: Funchal – Funchal (8,41 km); Funchal – Funchal (495,49 km); Funchal – Funchal (302,12 km)

PC – 17 (1 + 8 + 8)

Extensão das PC – 184,66 km (2,18 km + 103,56 km + 78,92 km)

Percentagem das PC – 22,91 %

Inscritos – 61 (21 RC2, 2 RC3, 16 RC4, 2 RGT, 2 P2, 9 P1, 2 X6, 1 X3, 4 X2, 2 X1)

Inscritos – 60 (21 RC2, 2 RC3, 16 RC4, 2 RGT, 1 P2, 9 P1, 2 X6, 1 X3, 4 X2, 2 X1)

Classificados – 36 (13 RC2, 1 RC3, 12 RC4, 1 RGT, 3 P1, 1 X6, 3 X2, 2 X1)

Comandantes sucessivos

Absoluto – Bruno Magalhães, na 1.ª e 2.ª PC; Alexandro Camacho, da 3.ª à 8.ª PC; Bruno Magalhães, da 9.ª à 12.ª PC; Alexandre Camacho, da 13.ª *a 17.ª PC

RC2 – Bruno Magalhães, na 1.ª e 2.ª PC; Alexandro Camacho, da 3.ª à 8.ª PC; Bruno Magalhães, da 9.ª à 12.ª PC; Alexandre Camacho, da 13.ª *a 17.ª PC

RC3 – Daniel Nunes, da 1.ª à 17.ª PC

RC4 – João Silva, da 1.ª à 17.ª PC

RGT – Filipe Freitas, da 1.ª à 10.ª PC; Paulo Mendes, da 11.ª à 17.ª PC

X6 – Adruzilo Lopes, da 1.ª à 17.ª PC

X2 – Cláudio Nóbrega, da 1.ª à 17.ª PC

Vencedores

Absoluto – Alexandre Camacho/Pedro Calado (Skoda Fabia Rally2 Evo)

RC2 – Alexandre Camacho/Pedro Calado (Skoda Fabia Rally2 Evo)

RC3 – Daniel Nunes/Nuno Mota Ribeiro (Ford Fiesta Rally3)

RC4 – João Silva/João Paulo (Peugeot 208 Raly4)

RGT – Paulo Mendes/Roberto Figueira (Porsche 991 GT3 Cup)

X6 – Adruzilo Lopes/Paulo Leones (Toyota GT Yaris RZ)

X2 – Cláudio Nóbrega/Alípio Nóbrega (Datsun 1200)

CLASSIFICAÇÃO

POS. EQUIPA CARRO TEMPO
1.º Alexandre Camacho/Pedro Calado Skoda Fabia Rally2 Evo 1.58’36,7″
2.º Miguel Nunes/Roberto Castro Skoda Fabia Rally2 Evo a 11,5″
3.º José Pedro Fontes/Inês Ponte Citroen C3 Rally2 a 22,1″
4.º Armindo Araújo/Luís Ramalho Skoda Fabia Rally2 Evo a 53,5″
5.º Bernardo Sousa/Vítor Calado Citroen C3 Rally2 a 2’10,7″
6.º Miguel Correia/Jorge Eduardo Carvalho Skoda Fabia Rally2 Evo a 2’25,5″
7.º Ricardo Teodósio/José Teixeira Hyundai i20 N Rally 2 a 2’35,2″
8.º Simone Campedelli/Tania Canton Skoda Fabia Rally2 Evo a 3’14,9″
9.º Paulo Meireles/Marco Gonçalves Hyundai i20 N Rally 2 a 5’16,5″
10.º Paulo Neto/António Costa Skoda Fabia Rally2 Evo a 6’25,7″

OS MAIS RÁPIDOS

1.º 2.º 3.º 4.º 5.º 6.º
Miguel Nunes 11 0 1 2 0 1
Alexandre Camacho 3 10 2 0 0 2
Bruno Magalhães 2 2 2 3 3 2
José Pedro Fontes 1 3 9 0 3 0
Armindo Araújo 0 1 1 7 2 4
Simone Campedelli 0 1 1 5 1 5
Alejandro Cachon 0 0 1 0 0 0
Bernado Sousa 0 0 0 1 2 1
Ricardo Teodósio 0 0 0 1 1 0
Miguel Correia 0 0 0 0 3 4

CLASSIFICAÇÕES

PORTUGAL

PILOTOS – 1.º, Armindo Araújo, 143 pontos; 2.º, Miguel Correia, 114; 3.º, José Pedro Fontes, 105; 4.º, Bruno Magalhães, 71; 5.º, Ricardo Teodósio, 52; 6.º, Pedro Almeida, 33; 7.º, Paulo Neto, 32; 8.º, Ricardo Moura, 28; 9.º, Pedro Meireles, 28; 10.º, Paulo Caldeira, 24. Estão clasificados mais 30 pilotos

MADEIRA

PILOTOS – 1.º, Miguel Nunes, 135 pontos; 2.º, Alexandre Camacho, 92, 3.º, Filipe Freitas, 65; 4.º, Paulo Mendes, 55; 5.º, Pedro Paixão, 37; 6.º, José António Camacho, 34; 7.º, Gil Freitas, 30; 8.º, Dinarte Baptista, 30; 9.º, Vítor Sá, 28; 10.º, Miguel Caires, 26. Estão clasificados mais 18 pilotos.

Próximas provas – Rali da Água – CIM Alto Tâmega, a 2 e 3 de Setembro, organizado pelo Clube Aventura do Minho, para o Campeonato de Portugal, e Rali Municipio do Funchal e Cãmara de Lobos, a 16 e 17 de Setembro, organizado pelo Clube Desportivo Nacional, para o Campeonato de Ralis Coral da Madeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.