Alexandre Camacho está muito perto do título

Para o Rali do Faial – Santana, pontuável para o Campeonato de Ralis Coral da Madeira, o piloto madeirense lidera o pelotão e assume o favoritismo, embora pela frente ter+a uma resposta cabal dos seus mais directos opositores.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

O piloto madeirense vai estar atento aos ataques de Miguel Nunes (Skoda Fabia R5 Evo), vencedor no Machico e que perdeu a vitória na prova mais importante do ano, em consequência de um “toque” na derradeira especial, quando comandava, e de Pedro Paixão (Skoa Fabia Rally2 Evo), que procura o primeiro triunfo do ano, com os três a prometerem luta intensa na prova centrada em Câmara de Lobos.

Alexandre Camacho (Skoda Fabia Rally2 Evo) tem tudo a seu favor para garantir a reconquista do título, “roubado”, o ano passado por Miguel Nunes.

Pedro Paixão (Skoda Fabia Rally2) e Miguel Nunes (Skoda Fabia Rally2), que têm sido os maiores opositores de Alexandre Camacho nesta “aventura” rumo ao título Os três têm proporcionado provas emocionantes até ao último metro, ms os dois primeiros sabem que a hipótese de adiar a decisão do título para o Rali da Calheta, a derradeira prova da temporada, é ficar à frente do comandante do campeonato, para anularem algum do atraso pontual que têm e manter esperanças na conquista do ceptro.

Inexplicavelmente e quase três semanas depois da realização do Rali Municípios de Câmara de Lobos e Funchal, a 11 de Setembro, ainda não haver no “site” da FPAK, a classificação do Campeonato Coral de Ralis da Madeira, o que ajudaria bastante a fazer outro tipo de leitura.

A prova do Clube Automobilístico 100 à Hora da Madeira decidir-se-á numa tripla passagem pelas especiais de Faial (8,38 km – 10h30, 11h56 e 14h19) e Santana (14,21 km – 11h13, 13h41 e 15h02) para terminar com a Super Especial do Kartódromo Coral (3,09 km – 16h24)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *