Aleix Espargaro permanece intocável na Catalunha

O piloto espanhol da Aprilia Racing voltou a mostrar a sua raça durante os terceiros treinos livres de MotoGP. Pelo sua abnegação e destreza, Aleix Espargaro é um sério candidato a garantir a “pole position” para a corrida do Grande Prémio da Catalunha.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Aleix Espargaro (Aprilia)

O espanhol Aleix Espargaro (Aprilia), em MotoGP e o americano Joe Roberts (Kalex), em Moto2, mantiveram, esta manhã, a superioridade manifestada ontem e continuam no topo das respectivas tabelas de tempos. Na categoria rainha as motos italianas continuam a dominar, com o francês Fabio Quartararo (Yamaha), em sexto, a ser o primeiro piloto que não conduz uma moto de um construtor italiano, com os pilotos da Ducati a ocuparem as posições entre o espanhol e o francês.

Outro francês, Johann Zarco (Ducati), que ontem viu o seu melhor tempo anulado por ter excedido os limites da pista, registou a segunda marca, à frente do espanhol Jorge Martin (Ducati).

Miguel Oliveira (KTM)

O português Miguel Oliveira (KTM), que continua a melhorar os seus tempos, foi 18.º, dois lugares atrás do sul-africano Brad Binder (KTM), seu companheiro de equipa, com os dois a terem de passar pela Q1.

Enorme equilíbrio na sessão de Moto2, com os três primeiros, Joe Roberts, o inglês Jake Dixon (Kalex) e o espanhol Pedro Acosta (Kalex) a terminarem separados por três milésimos de segundo, com constantes trocas de posição, com o espanhol Alonso Lopez (Boscoscuro), em 20.º, a ser o melhor não Kalex.

Em Moto3 foi o italiano Dennis Foggia (Honda) a registar o melhor tempo, à frente dos espanhóis Sergio Garcia (GasGas) e Sergio Salvador (Husqvarna), este uma novidade no topo da tabela de tempos.

TEMPOS DOS TREINOS

MOTOGP – Aleix Espargaro (Aprilia), 1’38,771”; Johann Zarco (Ducati), 1’38,902”; Jorge Martin (Ducati), 1’39,005”; Francesco Bagnaia (Ducati), 1’39,007”; Jack Miller (Ducati), 1’39,074”; Fabio Quartararo (Yamaha), 1’39,088”; Luca Marini (Ducati), 1’39,233”; Pol Espargaro (Honda), 1’39,246”; Alex Rins (Suzuki), 1’39,260”; Fabio Di Giannantonio (Ducati); 1’39,413”; …; Miguel Oliveira (KTM), 1’39,856”. Treinaram mais sete pilotos.

MOTO2 – Joe Roberts (Kalex), 1’44,154”; Jake Dixon (Kalex), 1’44,155”; Pedro Acosta (KTM), 1’44,157”; Bo Bendsneyder (Kalex), 1’44,174”; Albert Arenas (Kalex), 1’44,208”; Barry Baltus (Kalex), 1’44,214”; Lorenzo Della Porta (Kalex), 1’44,290”; Aron Canet (Kalex), 1’44,299”; Filip Salac Kalex), 1’44,327”; Sam Lowes (Kalex), 1’44,330. Treinaram mais 21 pilotos.

MOTO3 – Dennis Foggia (Honda), 1’47,765”; Sergio Garcia (GasGas), 1’48,012”; David Salvador (Husqvarna), 1’48,042”; Daniel Holgado (KTM), 1’48,056”; Jaume Masia (KTM), 1’48,061”; Andrea Migno (Honda), 1’48,246”; Lorenzo Fellon (Honda), 1’48,263”; Tatsuki Suzuki (Honda), 1’48,339”; Izan Guevara (GasGas), 1’48,344”; Joel Kelson (KTM), 1’48,469”. Treinaram mais 20 pilotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.