Albuquerque e Barbosa unidos em Mid-Ohio

Conimbricense e portuense esperam continuar a somar vitórias no IMSA WeatherTech SportsCar Championship que este fim-de-semana visita o circuito de Mid-Ohio para a quarta jornada da temporada.

(auto.look2010@gmail.com)

Depois da vitória conseguida em Long Beach ao volante do Mustang Sampling Cadillac DPi-V.R com o #5, a dupla portuguesa espera continuar a registar bons resultados que lhes permita estar na discussão do título no Campeonato.

«O sentimento de vitória é muito bom, especialmente quando não estamos à espera que aconteça, como foi o caso em Long Beach. Tivemos um início de temporada complicado mas no IMSA tudo é possível e é isso que o torna tão especial. A chave para o sucesso é mantermo-nos longe dos problemas e aproveitar todas as oportunidades para chegar à vitória. Foi isso que fizemos em Long Beach e que nos deixa, nesta altura, tão motivados», referiu Filipe Albuquerque.

Para João Barbosa lutar pelas vitórias «é a razão pela qual competimos». «Depois de Long Beach tivemos a oportunidade de festejar mas no dia a seguir, já estávamos focados em Mid-Ohio e em analisar o que podíamos ter feito melhor e de diferente. Adoramos vencer mas detestamos ainda mais perder».

O ano passado a dupla portuguesa foi quarta classificada nesta prova: «O resultado do ano passado foi o possível, dadas as circunstâncias. Espero que este ano consigamos, pelo menos, um lugar no pódio. Estou com alguma curiosidade para experimentar os pneus Michelin que espero nos dê confiança para a corrida», disse Filipe Albuquerque.

João Barbosa partilha a mesma opinião relativamente aos pneus: «A Michelin tem sido uma óptima parceira este ano, mas não podemos esquecer o papel importante que a Continental desempenhou, ao longo dos anos neste campeonato», referiu,

Depois da última prova num circuito citadino, Filipe Albuquerque está satisfeito por regressar a um traçado, dito, normal: «Não vamos ter as paredes tão perto mas se não fizermos as coisas bem, os acidentes acontecem. Assim, não há espaço para qualquer erro».

«O traçado de Mid-Ohio é muito técnico e não facilita as ultrapassagens. Cada circuito representa um desafio diferente e Mid Ohio é definitivamente exigente devido às mudanças de altitude e aos níveis de aderência. É o tipo de circuito que te põe à prova», concluiu João Barbosa.

A prova arranca domingo pelas 18h40, com transmissão em directo no site do campeonato em www.imsa.com

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação