Afonso Gomes: melhor lusitano de 85cc na Bélgica

Depois de, nos treinos cronometrados, ter registado um excelente 12.º lugar, num universo de mais de três dezenas de pilotos, o conimbricense garantiu o 15.º posto na de qualificação que define a ordem de entrada para a grelha das duas mangas da classe 85cc.

Texto: CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt) – Foto: REGIS YVES

Afonso Gomes está confiante para abordar a prova belga com a sua Husqvarna 85

O piloto de Coimbra, que representas as cores MOTOGOMES e apoiado por AUTOLOOK.PT, efectuou mais um desempenho de excelência na qualificação para a 48.ª edição da Coupe de l’ Avenir, competição que está a decorrer em Baisiueux, na Bélgica, destinada à categoria de 85cc.

Depois e muito porfiar, o piloto de Coimbra, aos comandos de uma Husqvarna, alcançou com muita sabedoria e afinco o excelente 15.º posto na Coupe de l’Avenir, prova por selecções reservada aos pilotos mais jovens do motocross europeu. O jovem conimbricense, como que por magia, tirou um “coelho da cartola” e desenhou a régua e esquadro as melhores trajectórias para assinar o melhor registo entre a “armada” lusitana.

Mas nem tudo foram rosas para Afonso Gomes, tendo de suar as estopinhas para garantir a posição, recuperando três lugares quando, a sensivelmente a meio da manga de qualificação, caiu para 17.º.No entanto, na derradeira volta, o piloto MOTOGOMES cedeu um lugar, mas que não belisca a performance que manteve em pista. Com o objectivo de encontrar a melhor cadência tendo em vista as três corridas para este domingo, Afonso Gomes não retirou o olhar dos trilhos do traçado belga, deixando boas indicações para as abordar.

Já Sandro Lobo, que na sessão cronometrada cotou-se o 19.º mais rápido, caiu vertiginosamente no arranque da manga de qualificação e, na primeira passagem pela linha de meta, foi registado com o 32.º tempo. Obrigado a trabalhos suplementares a partir daí, o jovem piloto, em KTM, arregaçou as mangas e, no final da manga, finalizou-a como o 24.º mais rápido.

Também Martim Espinho efectuou uma prestação em crescendo. O facto de ter partido na 31.ª posição, não o impediu de “cerrar os dentes” e iniciar uma recuperação notável, chegando a rodar no 27.º lugar. No entanto, o seu esforço acabou por se saldar inglório quando, a escassas três voltas da bandeira de xadrez ser agitada, esbanjou todas as posições ganhas e retornou o lugar com que tinha iniciado a manga de qualificação.

Para este domingo estão previstas três mangas da classe 85cc para apurar a classificação individual e por nações. Afonso Gomes, Sandro Lobo e Martim Espinho estão esperançados num bom entrosamento com as respectivas motos de 85cc para abordar os três compromissos com os índices de confiança em alta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: