Afonso Gomes: melhor lusitano de 85cc na Bélgica

Depois de, nos treinos cronometrados, ter registado um excelente 12.º lugar, num universo de mais de três dezenas de pilotos, o conimbricense garantiu o 15.º posto na de qualificação que define a ordem de entrada para a grelha das duas mangas da classe 85cc.

Texto: CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt) – Foto: REGIS YVES

Afonso Gomes está confiante para abordar a prova belga com a sua Husqvarna 85

O piloto de Coimbra, que representas as cores MOTOGOMES e apoiado por AUTOLOOK.PT, efectuou mais um desempenho de excelência na qualificação para a 48.ª edição da Coupe de l’ Avenir, competição que está a decorrer em Baisiueux, na Bélgica, destinada à categoria de 85cc.

Depois e muito porfiar, o piloto de Coimbra, aos comandos de uma Husqvarna, alcançou com muita sabedoria e afinco o excelente 15.º posto na Coupe de l’Avenir, prova por selecções reservada aos pilotos mais jovens do motocross europeu. O jovem conimbricense, como que por magia, tirou um “coelho da cartola” e desenhou a régua e esquadro as melhores trajectórias para assinar o melhor registo entre a “armada” lusitana.

Mas nem tudo foram rosas para Afonso Gomes, tendo de suar as estopinhas para garantir a posição, recuperando três lugares quando, a sensivelmente a meio da manga de qualificação, caiu para 17.º.No entanto, na derradeira volta, o piloto MOTOGOMES cedeu um lugar, mas que não belisca a performance que manteve em pista. Com o objectivo de encontrar a melhor cadência tendo em vista as três corridas para este domingo, Afonso Gomes não retirou o olhar dos trilhos do traçado belga, deixando boas indicações para as abordar.

Já Sandro Lobo, que na sessão cronometrada cotou-se o 19.º mais rápido, caiu vertiginosamente no arranque da manga de qualificação e, na primeira passagem pela linha de meta, foi registado com o 32.º tempo. Obrigado a trabalhos suplementares a partir daí, o jovem piloto, em KTM, arregaçou as mangas e, no final da manga, finalizou-a como o 24.º mais rápido.

Também Martim Espinho efectuou uma prestação em crescendo. O facto de ter partido na 31.ª posição, não o impediu de “cerrar os dentes” e iniciar uma recuperação notável, chegando a rodar no 27.º lugar. No entanto, o seu esforço acabou por se saldar inglório quando, a escassas três voltas da bandeira de xadrez ser agitada, esbanjou todas as posições ganhas e retornou o lugar com que tinha iniciado a manga de qualificação.

Para este domingo estão previstas três mangas da classe 85cc para apurar a classificação individual e por nações. Afonso Gomes, Sandro Lobo e Martim Espinho estão esperançados num bom entrosamento com as respectivas motos de 85cc para abordar os três compromissos com os índices de confiança em alta.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação