Adruzilo Lopes no comando em Mortágua

A primeira passagem por Mortágua, Laceiras e Aguieira foi dominada pelo piloto de Regilde, Felgueiras, mas o segundo classifica ficou a somente 7,4 segundos de diferença. Mais significativa é a vantagem para Fernando Peres, terceiro, a 49,3 segundos.

(auto.look2010@gmail.com)

Adruzilo Lopes e Paulo Leones, em Mitsubishi Lancer Evo IX, terminaram a primeira passagem pelas três primeiras classificativas do Rali de Mortágua, pontuável para o Campeonato Promo, com o tempo de 31m42,1s, menos 7,4 segundos que Fernando Teotónio e Luís Morgadinho, em viatura idêntica, segundos classificados.

Fernando Peres, que faz equipa com José Pedro Silva, e que iniciou o dia de hoje na liderança, caiu para a terceira posição. Quando falta percorrer a segunda passagem pelas espiais de Mortágua, Laceiras e Aguieira, o piloto portuense do Mitsubishi Lancer Evo IX está a 49,3 segundos do topo da classificação.

Rui Borges e André Ventura, em Mitsubishi Lancer Evo IX, encontra-se na quarta posição, a 1m39,4s de Adruzilo Lopes, com a dupla de Vila Nova de Poiares, Gonçalo Henriques e António Santos, em Peugeot 308 VTI, a 2m05,8s o líder, mas na liderança das Duas Rodas Motrizes.

Quanto ao Peugeot Rally Cup Ibérica, Ernesto Cunha e Rui Raimundo, ao volante de Peugeot 208 Rally4, lideram a classificação geral com o tempo de 32m00,5s, secundados pelos espanhóis Diego Álvarez-Baragaña e Andrés Blanco Montes, a somente 0,5 segundos de diferença. A dupla da Escuderia La Coruña, Roberto Blach Nuñez e Mauro Barreiro Zas, está em terceiro, a 14,6 segundos da liderança.

Relativamente aos Clássicos, a vantagem está do lado de José Merceano e Francisco Pereira, em Mitsubishi Lancer Evo IV, com o tempo de 33m30,7s. A segunda e terceira posição está nas mãos de Luís Mota e Alexandre Ramos (Mitsubishi Lancer VI), e Pedro Leone e Bruno Miguel Ramos (Ford Escort RS Cosworth), a 16,7s e 41,7s, respectivamente.

Na Prova Extra, Miguel Correia e José Carvalho mantém um ritmo forte e consistente, liderando com o tempo total de 23m37,2s, seguidos dos norte-americanos Sean Johnston e Alexander Kihurani (Citroën C3 Rally2) e Diogo Salvi e Hugo Magalhães (Skoda Fabia R5), a 18,0s e 19,7s, respectivamente.

Refira-de que o dia não começou bem, já que a primeira prova de classificação teve de ser interrompida com o espanhol Delbin Garcia (Peugeot 208 Rally4) a ficar com o carro parado no meio da especial, levando à sua interrupção e ao consequente atraso no desenrolar da prova.

Classificação de todas as categorias após quatro especiais – 1.º Adruzilo Lopes/Paulo Leones (Mitsubishi Lancer IX), 31’42,1”; 2.º Fernando Teotónio/Luís Morgadinho (Mitsubishi Lancer IX), a 7,4”; 3.º, Ernesto Cunha/Rui Raimundo (Peugeot 208 Rally4), a 18,4”; 4.º, Diego Ruiloba/Andrés Blanco (Peugeot 208 Rally4), a 18,5”; 5.º, Robert Blach/Mauro Barreiro (Peugeot 208 Rally4), a 33.0”; 6.º, Fernando Peres/José Pedro Silva (Mitsubishi Lancer IX), a 49,3”; 7.º Andrés Marieyhara/Ariday Bonilla (Peugeot 208 Rally4), a 59,6”; 8.º, José Loureiro/Valter Cardoso (Peugeot 208 Rally4), a 1’42,1”; 9.º, José Merceano/Francisco Pereira (Mitsubishi Lancer IV) a 1’48,6”; 10.º Luís Mota/Alexandre Ramos (Mitsubishi Lancer VI), a 2’05,3”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.