GNR condiciona acessos ao Autódromo

Portimão, onde está situado o AIA, é um dos 191 municípios do país que integra a lista de concelhos de risco relativamente à pandemia da covid-19 e que está sob recolher obrigatório no âmbito do estado de emergência.

(auto.look2010@gmail.com)

O trânsito nos principais acessos rodoviários ao Autódromo Internacional do Algarve (AIA), em Portimão, palco do Grande Prémio MEO de Portugal de MotoGP, está condicionado até este domingo, sendo apenas autorizada a passagem aos moradores e trabalhadores locais, indicou a GNR. Numa resposta escrita a uma pergunta da Lusa, o comando geral da Guarda Nacional Republicana (GNR) especificou que o trânsito «estará condicionado nas diversas vias de acesso ao autódromo» e reiterou o apelo para que «os cidadãos não se desloquem para o respectivo recinto desportivo, nem para as suas imediações, cumprindo o recolher obrigatório estabelecido».

A força de segurança escusou-se a revelar o total de efectivos destacados para o evento durante o fim-de-semana, indicando apenas que implementou «um dispositivo flexível e adequado para garantir a segurança de todos os intervenientes, tendo em consideração os constrangimentos provocados pela pandemia da Covid-19».

Uma outra fonte da GNR disse que o dispositivo integra dezenas de militares de várias valências, entre as quais do trânsito, investigação criminal e operações especiais, «mas em número inferior aos 600 elementos destacados» para o Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1. São vários os pontos de controlo da GNR nos acessos principais ao Autódromo Internacional do Algarve, locais onde os militares exigem uma justificação aos condutores e passageiros para ali poderem circular.

Um dos militares, num dos pontos de controlo, disse que a operação tem estado a decorrer «dentro da normalidade, sem que até ao momento se tenha registado qualquer incidente ou desrespeito pelo confinamento obrigatório a que está sujeito o concelho de Portimão».

Desde sexta-feira, a Lusa verificou uma concentração de militares junto às rotundas a poucos metros do autódromo em controlo do trânsito e a fim de impedir a passagem de pessoas e evitar que se posicionassem em pontos elevados nas imediações com vista para a pista do circuito.

O Grande Prémio MEO de Portugal de MotoGP, 14.ª e última corrida da temporada da prova rainha do motociclismo de velocidade decorre até domingo, no Autódromo Internacional do Algarve, com o piloto português Miguel Oliveira (KTM) a partir da “pole position” pela primeira vez na carreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: