A vitória mais triste de Pedro Meireles

Piloto de Guimarães, que faz equipa com Mário Castro, conduziu o VW Polo GTI R5 ao triunfo no Rali Vidreiro/Centro de Portugal Marinha Grande marcado pelo acidente que vitimou a jovem navegadora espanhola de 21 anos Laura Salvo.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com) – Fotos: JORGE CUNHA/AIFA E ZOOM MOTORSPORT

Três anos depois do seu último triunfo no Campeonato de Portugal de Ralis, Pedro Meireles (VW Polo GTi R5) regressa ao lugar mais alto do pódio, na vitória mais triste da sua carreira, em consequência da morte da jovem espanhola Laura Salvo, navegadora de Miguel Socias (Peugeot 208 Rally4), em consequência de um violento despiste, logo na segunda curva da especial de abertura.

Apesar da rápida intervenção da equipa médica, não foi possível salvar a vida de Laura Salvo e a organização decidiu dar a prova por concluída após a primeira passagem pelas três especiais do dia.

Para Pedro Meireles «a único ponto positivo foi a nossa evolução, num dia muito triste, porque é sempre de lamentar a morte de alguém, embora todos saibamos os riscos que corremos, e em que a organização tomou a decisão certa»

O acidente, que veio a determinar o fim do rali, colocou ponto final numa prova que tinha começado bem, com Ricardo Teodósio (Skoda Fabia R5 Evo) a ser o primeiro comandante, para de seguida Pedro Meireles passar para a frente e terminar a primeira volta no comando, com os principais candidatos ao título em quarto (Bruno Magalhães) e quinto (Armindo Araújo), o que deixava antever mais seis especiais de intensa luta pela vitória.

O cancelamento da prova levou a que o Campeonato Centro de Ralis, que arrancava na segunda volta, não tivesse começado e que em relação aos Campeonatos de Portugal, Clássicos e RGT, cujos participantes tinham cumprido a primeira volta, a classificação verificada nesse momento fosse considerada definitiva, com a pontuação a ser reduzida a um quarto, por ter sido percorrido mais de 30% da quilometragem das provas de classificação.

FICHA DA PROVA

Prova – Rali Vidreiro/Centro de Portugal/Marinha Grande

Data – 9/11 de Outubro

Organizador – Clube Automóvel da Marinha Grande

Estrutura – 281,07 km numa secção: Marinha Grande – Marinha Grande

PC – 9 previstas, 3 cumpridas

Extensão das PC – 96,45 km regulamentados, 32,15 km percorridos

Percentagem das PC – 34,31 % idealizada, 11,43 km concretizada

Inscritos – 63 (14 RC2, 4 RC2N, 4 RC3, 23 RC4, 5 RC5, 4 RGT, 9 CLA)

Participantes – 62 (14 RC2, 4 RC2N, 4 RC3, 23 RC4, 4 RC5, 4 RGT, 9 CLA)

Classificados – 56 (14 RC2, 4 RC2N, 4 RC3, 18 RC4, 3 RC5, 4 RGT, 9 CLA)

Comandantes sucessivos

Absoluto – Ricardo Teodósio, na 1.ª PC; Pedro Meireles, na 2.ª e 3.ª PC

RC2 – Ricardo Teodósio, na 1.ª PC; Pedro Meireles, na 2.ª e 3.ª PC

RC2N – Fernando Teotónio, na 1.ª PC; Adruzilo Lopes, na 2.ª e 3.ª PC

RC3 – Rafael Cardeira, da 1.ª à 3.ª PC

RC4 – Pedro Almeida, na 1.ª PC; Pedro Antunes, na 2.ª PC; Pedro Almeida na 3.ª PC

RC5 – Miguel Abrantes, na 2.ª e 3.ª PC

RGT – Miguel Campos, da 1.ª à 3.ª PC

CLA – Pedro Leone na 2.ª e 3.ª PC

Vencedores

Absoluto – Pedro Meireles/Mário Castro (VW Polo GTi R5)

RC2 – Pedro Meireles/Mário Castro (VW Polo GTi R5)

RC2N – Adruzilo Lopes/Paulo Marques (Mitsubishi Lancer IX)

RC3 – Rafael Cardeira/André Couceiro (Renault Clio RS R3T)

RC4 – Pedro Almeida/Hugo Magalhães (Peugeot 208 Rally4)

RC5 – Miguel Abrantes/Miguel Vale (Kia Picanto)

RGT – Miguel Campos/Rui Raimundo (Porsche 997 GT3 Cup)

CLA – Pedro Leone/Bruno Ramos (Ford Escort RS Cosworth)

CLASSIFICAÇÃO

POS. EQUIPA CARRO TEMPO
1.º Pedro Meireles/Mário Castro VW Polo GTi R5 15’24,5″
2.º Ricardo Teodósio/José Teixeira Skoda Fabia R5 Evo a 2,6″
3.º José Pedro Fontes/Inês Ponte Citroen C3 R5 a 4,0″
4.º Bruno Magalhães/Carlos Magalhães Hyundai i20 R5 a 7,8″
5.º Armindo Araújo/Luís Ramalho Skoda Fabia R5 Evo a 8,3″
6.º Miguel Correia/António Costa Skoda Fabia R5 a 25,6″
7.º Manuel Castro/Ricardo Cunha Skoda Fabia R5 a 26,3″
8.º Miguel Campos/Rui Raimundo Porsche 997 GT3 Cup a 41,9″
9.º Joan Vinyes/Jordi Mercader Suzuki Swift R4lly S a 44,3″
10.º Javier Pardo/Adrian Perez Suzuki Swift R4lly S a 45,5″

Os mais rápidos

  1.º 2.º 3.º 4.º 5.º 6.º
Pedro Meireles 2 1 0 0 0 0
Ricardo Teodósio 1 1 0 0 1 0
José Pedro Fontes 0 2 0 1 0 0
Armindo Araújo 0 1 0 0 1 0
Bruno Magalhães 0 0 1 1 1 0
Manuel Castro 0 0 0 1 0 1
Miguel Correia 0 0 0 0 0 2

Próxima prova – Rali Terras d’Aboboreira, de 29 a 31 de Outubro, organizado pelo Clube Automóvel de Amarante

Classificação do campeonato – 1.º, Bruno Magalhães, 125,63 pontos; 2.º, Armindo Araújo, 116,19; 3.º, Ricardo Teodósio, 85,11; 4.º, José Pedro Fontes, 72,01; 5.º, Pedro Meireles, 49,5; 6.º, Miguel Correia, 37,75; 7.º, Manuel Castro, 31,25; 8.º, Adruzilo Lopes, 19,75; 9.º, António Dias, 18; 10.º, João Barros, 13.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: