A união faz a força em S. Miguel

Grupo Desportivo Comercial e Associação de Pilotos de Ralis da Ilha de São Miguel em sintonia, tendo em vista a ampliação de provas em 2020, permitindo aprimorar os níveis de qualidade organizativa exigidos e despoletar novos valores para a modalidade.

(auto.look2010@gmail.com)

A Direcção do Grupo Desportivo Comercial congratula-se com a posição assumida pela Associação de Pilotos de Ralis da Ilha de São Miguel, ao apelar à união de pilotos e entidades organizativas para o apoio ao projecto do Grupo Desportivo Comercial para que surjam mais ralis na Ilha Verde. Uma posição que dada a conhecer em comunicado de imprensa e publicada nos órgãos de comunicação social açorianos este sábado.

«O Grupo Desportivo Comercial, através da sua Direcção de Prova, promoveu uma reunião com os praticantes de rali da ilha de São Miguel, no passado dia 28 de Outubro, onde estiveram também presentes representantes da Associação de Pilotos de Ralis de São Miguel, em que o clube manifestou intenção de realizar mais provas em 2020, leia-se além do Azores Rallye e do Lotus Rali, conforme anunciado no programa deste elenco directivo, apresentado nas eleições aos órgãos do clube», começa por referir Rui Moniz, presidente da Direcção do Grupo Desportivo Comercial.

Para o dirigente desportivo açoriano, «é necessário, de facto, existirem mais ralis em São Miguel, não só para que os pilotos locais possam ter oportunidade de correrem em ralis devidamente estruturados e organizados, fruto da federação do Grupo Desportivo Comercial e das suas especificidades, mas para que a modalidade possa também ver nascer novos valores e também para que a nossa equipa possa manter os níveis de qualidade organizativa exigidos».

Em 2020, o Grupo Desportivo Comercial pretende inverter a situação e providenciar mais oportunidades para que os pilotos micaelenses possam praticar a modalidade, na sua ilha. Por isso, Rui Moniz revele-se «muito satisfeito e honrado com o sentimento de união para com o Grupo Desportivo Comercial, manifestado pelo comunicado da Associação de Pilotos».

O presidente da Direcção do Grupo Desportivo Comercial acredita que a posição de apoio agora manifestada «trará mais força e permitirá que a nossa estrutura, como entidade organizadora de ralis federada, a Associação de Pilotos, como representante dos pilotos desta ilha, e os próprios praticantes, continuem a promover o desporto motorizado açoriano, nomeadamente os ralis, e assim possam, na realidade, surgir mais projectos desportivos e ralis mais participados».

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação