Está desfeito o mistério sobre o futuro de Sebastian Vettel na Fórmula 1. O piloto alemão vai correr pela Aston Martin a partir da próxima temporada, equipa que esta temporada tem ainda a designação de Racing Point.

(auto.look2010@gmail.com)

Em conferência de imprensa, o piloto alemão admite que esteve muito perto de se retirar: «Estive perto. Não sei se há alguma medida quer permita medir o quão perto estive de sair. Tive muitos pensamentos sobre isso, mas pensei que tinha que colocar-me a mim à frente, pensar em mim», referiu Sebastian Vettel.

«As últimas semanas e meses foram bastante intensos para mim. Era uma situação diferente e nova. Como disse desde o primeiro dia, senti que queria ficar na Fórmula 1 se houvesse algo que realmente me atraísse. É mais claro que os desempenhos de Racing Point este ano foram cada vez melhores», acrescentou.

«Além disso, o novo regulamento caminha no sentido de uma competição cada vez mais nivelada, onde haverá oportunidades. Será a primeira vez que a equipa provavelmente estará em condições de ter o mesmo orçamento do que outras e mostrar do que são capazes», concluiu Sebastian Vettel.

A Racing Point já tinha anunciado na quarta-feira que o piloto mexicano Sergio Pérez ia deixar a escuderia no final da temporada, abrindo uma vaga para o alemão. Sebastian Vettel, que se vai juntar na equipa a Lance Stroll, corre há seis temporadas na Ferrari, mas não conseguiu chegar ao título com a marca italiana, que seria o seu quinto, depois dos campeonatos mundiais consecutivos ao serviço da Red Bull em 2010, 2011, 2012 e 2013.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: