24 horas de Le Mans adiadas para Agosto

As 24 Horas de Le Mans em automobilismo, a contar para o Campeonato do Mundo de Resistência, foram adiadas para 21 e 22 de Agosto, anunciou hoje a organização, de forma a permitir a presença de público no evento.

(auto.look2010@gmail.com)

As 24 Horas de Le Mans foram adiadas da sua data original, em Junho, para Agosto na esperança que os fãs possam assistir, anunciaram os organizadores esta quinta-feira. A corrida, que foi realizada à porta fechada no ano passado devido à pandemia, estava marcada para 12 e 13 de Junho, mas foi atrasada para 21 e 22 de Agosto.

«Apesar de ter sido uma decisão difícil de tomar, é a decisão certa», disse Pierre Fillon, presidente do Automobile Club de l’Ouest, em comunicado. Realizar as 24 Horas de Le Mans «à porta fechada pelo segundo ano consecutivo seria impensável e, por isso, estamos a fazer os possíveis para evitar que aconteça».

Esta é a terceira vez na história que a mais mítica das provas de resistência não se realiza em Maio ou Junho, depois de o mesmo já ter acontecido em 1968 e em 2020. No ano passado, a prova decorreu em Setembro, sem a presença de público nas bancadas, devido à pandemia da Covid-19.

Pierre Fillon garantiu que a organização está «a trabalhar para organizar um evento com todas as medidas de segurança». Para já, esta é a única alteração do calendário do Mundial de Resistência, que mantém as corridas previstas para o Algarve (4 de Abril) e Spa-Francorchamps (1 de Maio).

Os antigos pilotos de Fórmula 1 Sebastian Buemi, Kazuki Nakajima e Brendon Hartley ganharam a edição de 2020 para a Toyota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *