100 pilotos abrem Europeu de Enduro em Góis

Começa este sábado, pelas 9h00, a edição 2019 do Campeonato Europeu de Enduro. A vila de Góis acolhe uma centena de pilotos oriundos de dezena e meia de países sendo a Finlândia a nação mais representada com um contingente de respeito já instalado junto ao rio Ceira.

(auto.look2010@gmail.com) – Fotos: JOÃO DA FRANCA

A chuva, o frio e mesmo a neve em altitudes mais elevadas marcaram nos últimos dias a região de Góis e deverão ser “companhia” da caravana oriunda de mais de uma dezena de países. Condições climatéricas adversas que forçaram mesmo a alterações no percurso originalmente definido, que deixou de ter os 60 quilómetros iniciais para revelar este sábado uma versão mais curta com 47 quilómetros mas mantendo as três especiais idealizadas pelo experiente clube anfitrião, duas “Enduro Test” e uma “Cross-Test” que prometem ser também elas decisivas nas classificações finais desta primeira prova do Europeu.

Entre os 100 pilotos que vão ter que cumprir três voltas ao percurso, uma dezena são lusos, divididos pelas diversas classes que alinham neste campeonato e espera-se forte réplica aos forasteiros que têm animado Góis na última semana. O “paddock” e Parque-Fechado estão localizados junto à sede do Góis Moto Clube que fez um excelente trabalho na preparação de todo o evento, esforço esse que tem merecido rasgados elogios da parte de pilotos e equipas presentes.

A “armada” lusa é composta por Frederico Rocha (Juniores Sub-21), Rodrigo Belchior (Júnior 1), Manuel Teixeira (Júnior 2/3), Luís Oliveira (+ 250 4T), Joana Gonçalves (Senhoras) e Mateus Cêpa, Ricardo Wilson e Gil Carmo, na Classe Open, a mais direccionada aos pilotos nacionais. Um lote de oito pilotos que nos próximos dois dias vão certamente honras as cores lusas numa prova que se prevê bastante dura não só pelas dificuldades do terreno mas igualmente pelas condições atmosféricas que continuarão a ser também elas adversas.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação