10 corridas, 10 vencedores diferentes no WTCR

O piloto português Tiago Moneiro, que sofreu problemas mecânicos no seu Honda Civic, terminou a primeira corrida do dia na 16.ª posição, fora dos lugares pontuáveis, para ser 12.º na segunda.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Norbert Michelisz (Hyundai Elantra N)

O argentino Nestor Girolami (Honda Civic) e o húngaro Norbert Michelisz (Hyundai Elantra N) venceram as duas primeiras corridas do WTCR efectuadas no Autódromo de Most, na República Checa, e aumentaram para 10, noutras tantas corridas, o número de vencedores este ano. A lista começou com o português Tiago Monteiro (Honda Civic), vencedor da corrida inaugural no mítico Nordschleife.

Na primeira corrida, Nestor Girolami arrancou melhor que o checo Petr Fulin (Cupra Leon), que largou da “pole”, como consequência da grelha invertida para os 10 primeiros da qualificação, mas que se queixou de problemas de embraiagem antes da partida.

O piloto assumiu o comando e garantiu o triunfo à frente do seu compatriota Esteban Guerrieri (Honda Civic), que se impôs ao francês Yann Erhlacher (Lynk & Co 03), comandante do campeonato.

Nestor Girolami (Honda Civic)

Logo na primeira curva, Norbert Michelisz, os franceses Yvan Muller (Lynk & Co 03) e Nathanael Breton (Audi RS3 LMS) e Petr Fulin envolveram-se num acidente que implicou a entrada do “Safety Car” em pista, com a corrida a recomeçar na quarta volta e com Nestor Girolami a garantir o triunfo.

A exemplo do que sucedera na corrida anterior, a abordagem à primeira curva levou ao abandono do italiano Gabriele Tarquini (Hyundai Elantra N), do uruguaio Santiago Urrutia (Lynk & Co 03), do inglês Robert Huff (Cupra Leon) e do húngaro Atilla Tassi (Honda Civic) e à interrupção da corrida para os carros serem retirados das escapatórias.

Antes, Norbert Michelisz tinha aproveitado uma “atravessadela” do espanhol Mikel Azcona (Cupra Leon), que pela primeira vez arrancou da “pole”, para assumir o comando que manteve até final.

A corrida recomeçaria atrás do “Safety Car”, com os carros a estarem demasiado separados no momento em que o “Safety Car” entrou nas “boxes” com as posições, de um modo geral a manterem-se até final.

O português Tiago Monteiro (Honda Civic), que largou de 17.ª posição, para as duas corridas, terminou em 16.º e 12.º, somando mais alguns pontos para o campeonato, onde ocupa o 12.º lugar.

CLASSIFICAÇÕES

Corrida 1 – Nestor Girolami (Honda Civic), 15 voltas (63,18 km), em 26’36,520”; 2.º, Esteban Guerrieri (Honda Civic), a 1,060”; 3.º, Yann Ehrlacher (Lynk & Co 03), a 1,440”; 4.º, Yvan Muller (Lynk & Co 03), a 2,061”; 5.º, Thed Bjork (Lynk & Co 03),a 2,621”; 6.º, Jean-Karl Verney (Hyundai Elantra N), a 5,378”; 7.º, Norbert Michelisz (Hyundai Elantra N), a 5,882”; 8.º, Mikel Azcona (Cupra Leon), a 6,737”; 9.º, Robert Huff (Cupra Leon), a 11,540”; 10.º, Tom Coronel (Audi RS3 LMS), a 13,715”; …; 16.º, Tiago Monteiro (Honda Civic), a 40,112”.

Corrida 2 – 1.º, Norbert Michelisz (Hyundai Elantra N), 17 voltas (71,604 km), em 43’40,427”; 2.º, Mikel Azcona (Cupra Leon), a 1,508”; 3.º, Esteban Guerrieri (Honda Civic), a 11,043”; 3.º, Yann Ehrlacher (Lynk & Co 03), a 11,528”; 5.º, Nathanael Brethon (Audi RS3 LMS), a 12,748”; 6.º, 6.º, Yvan Muller (Lynk & Co 03), a 13,922”; 7.º, Luca Engstler (Hyundai Elantra N), a 15,786”; 8.º, Frédéric Vervisch (Audi RS3 LMS), a 16,788”; 9.º, Gilles Magnus (Audi RS3 LMS), a 17’576”; 10.º, Tom Coronel (Audi RS 3 LMS), a 18,366”; …; 12.º, Tiago Monteiro (Honda Civic), a 26,455”.

CAMPEONATOS

PILOTOS – 1.º, Yann Ehrlacher, 135 pontos; 2.º, Esteban Guerrieri, 115; 3.º, Mikel Azcona, 109; 4.º, Santiago Urrutia, 105; 5.º, Jean-Karl Verney, 102; 6.º, Yvan Muller, 101; 7.º, Nestor Girolami, 95; 8.º, Norbert Michelisz, 93; 9.º, Frédéric Vervisch, 92; 10.º, Gilles Magnus, 91; …; 12.º, Tiago Monteiro, 70. Estão classificados mais 10 pilotos

EQUIPAS – 1.º, Cyan Racing Lynk & Co, 236 pontos; 2.º, ALL-INKL.COM Muennich Motorspor, 210; 3.º, Cyan Performance Lymk & Co, 191; 4.º, CONTOYOU TEAM AUDI SPORT, 183; 5.º, BRC Hyundai N Lukoil Squadra Corse, 160; 6.º, Engstler Hyundai N Liqui Moly Racing Team, 159; 7.º, ZENGO MOTORSPORT SERVICES KFT, 143; 8.º, ALL-INKL.DE Muennich Motorsport, 136; 9.º, COMTOYOU DHL TEAM AUDI SPORT, 115; 10.º, Zengo Motorsport Driver’s Academy, 13; 11.º, Target srl, 3.

Próxima prova – Pau-Arnos, dia 17 de Novembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *